Artivismo

Mulherio das Letras: primeiro encontro nacional será na Paraíba

O encontro que é considerado o primeiro encontro nacional desse Movimento que se inicia, será realizado nos dias 12, 13, 14 e 15 de outubro, e toda a sua organização vem sendo feita de forma colaborativa e discutida no grupo que apresenta sugestões e propostas. Para a parte de organização foi formada uma equipe de

Bio-Lencia Descolonial, Matar La Academia. Entrevista A JOTA Mombaça

  En días pasados nuestro periodista Alí Majúl enterevistó desde Colombia a unx de lxs artivistas más potentes de América Latina, Jota Mombaça, brasileñx nómada. Hablaron sobre la colonialidad en la academia, la academia y los movimientos sociales, el panorama de América Latina, los privilegios, la perdida de esperanza al arte y otros temas.  Autoproclamada

Rap marca nova fase da campanha Boto banca e exijo respeito

“Contra a violência, bote banca!” é a mensagem do rap da Subversão Feminista e de Mana Iná, de Goiás. A música e a batida destas mulheres marcam a nova fase da campanha Boto banca e exijo respeito! Pelo fim da violência contra as mulheres, da Universidade Livre Feminista em parcerias com coletivos de mulheres, organizações

Cineasta recifense Dea Ferraz lança seu primeiro longa autoral no Festival de Brasília

Premiada em importantes festivais na América Latina, com os títulos “Sete Corações” (2015) e “Alumia” (2009), diretora e roteirista finaliza “Câmara de Espelhos”, após três anos de imersão no material filmado. Em setembro, filme faz sua estreia nacional em sessão especial hors concours no 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. Construída dentro de uma

Fundo Fale Sem Medo divulga vídeo

Neste ano, os cursos da Universidade Livre Feminista estão sendo apoiados pelo Fundo Fale Sem Medo, coordenado pelo Fundo Elas em parceria com o Instituto Avon. Vários projetos estão sendo beneficiados por essa parceria, algumas das quais vocês podem ver nesse vídeo incrível de divulgação do projeto:

Documentário “She’s beautiful when she’s angry” fala do movimento feminista americano dos anos 60 e 70.

Durante as mamadas da Iara, assisti, no Netflix, o documentário “She’s beautiful when she’s angry”, que apresenta a criação e a evolução do movimento feminista americano dos anos 60 e 70. Há uma série de entrevistas com mulheres importantes para a condução de várias causas e lutas e como elas inspiraram toda uma geração. Além

Mulheres, imigrantes e colaborativismo são os temas dos debates da 1ª edição do ‘Nós A Cidade’ em São Paulo

No sábado, dia 11 de junho, o movimento Cidade Lúdica realiza sua primeira edição do Nós A Cidade, ciclos de debate sobre projetos que trazem um novo olhar das relações das pessoas com o outro e com a cidade. O evento, realizado no teatro da Unibes Cultural – espaço de convivência ao lado do metrô

Inscrições para o Curta o Gênero 2016 vão até 5 de junho!

Que tal participar de um dos maiores eventos da América Latina sobre diversidade, gênero e direitos humanos? Com uma programação plural e totalmente gratuita, interessados/as tanto podem inscrever curtas, trabalhos acadêmicos como fotografias, além de participar de uma série de atividades. Ficou curioso/a? Então não deixe de participar. Com a temática “Práticas e Epistemologias Feministas

[RJ] Curso Da Presença Feminina à Arte Feminista começa em junho

Acontece em junho, no Rio de Janeiro, um curso sobre a arte feminista no Brasil. Conduzido pela feminista Nataraj, o curso percorre a história social, os discursos, trajetórias e as produções artísticas de mulheres, para formar um panorama da arte no período moderno e seus diálogos com a contemporaneidade. É possível falarmos de arte feminista

[RJ] Hoje o Laboratório Roque Pense! apresenta Feira de Cultura Feminista

Participantes da Oficina de Produção Cultural produzem, hoje, dia 20 de abril de 2016, o evento “Pense! Feira de Cultura Feminista”, no encerramento do projeto O Laboratório Roque Pense! aconteceu durante todo o mês de abril, na cidade de Duque de Caxias, integrando cinco encontros que debateram Feminismo e Produção Cultural, partindo da experiência do