Internacional

Bio-Lencia Descolonial, Matar La Academia. Entrevista A JOTA Mombaça

  En días pasados nuestro periodista Alí Majúl enterevistó desde Colombia a unx de lxs artivistas más potentes de América Latina, Jota Mombaça, brasileñx nómada. Hablaron sobre la colonialidad en la academia, la academia y los movimientos sociales, el panorama de América Latina, los privilegios, la perdida de esperanza al arte y otros temas.  Autoproclamada

Estamos na CSW 2016, dando continuidade à luta de Beijing

Nós da Universidade Livre estamos acompanhando a reunião da Comissão de Status da Mulher (a sigla em inglês é CSW), reunião da ONU que discute a implementação dos acordos da Conferência de Beijing. Para saber mais sobre a  Comissão e o que está acontecendo, procure nas redes sociais por hashtags como #CSW60 e #WhatYouthWant. A

Feminista nicaraguense Teresa Blandón compartilha consequências perversas da proibição total do aborto em seu país

Em audiência pública no último dia 24 de setembro, sobre a SUG, Teresa Blandón relatou a atual situação da Nicarágua e alertou para o perigo da criminalização das mulheres. Na Nicarágua, o aborto terapêutico era permitido desde 1879, mas foi eliminado pelo Congresso da República em reforma sancionada pelo atual presidente Daniel Ortega, em 2006.

Primeira presidenta do Conselho de Segurança critica a imagem da mulher árabe no ocidente

Pela primeira vez após quase 70 anos de história, o Conselho de Segurança das Nações Unidas será presidido neste mês por uma mulher árabe, a embaixadora jordaniana Dina Kawar. Segundo o Portal G1, a embaixadora jordaniana lamentou que no mundo muita gente tenha apenas “uma imagem da mulher árabe” e seja difícil superar esse estereótipo

Onu Mulheres se organiza para apoiar mulheres vítimas de Ebola

Desde que se declarou o surto de Ebola na África Ocidental, em agosto de 2014, muitas organizações das Nações Unidas têm trabalhado em estreita colaboração para ajudar as pessoas afetadas. A ONU Mulheres tem facilitado iniciativas de mobilização e informação destinadas às mulheres, porque elas foram afetados de forma desproporcionalmente pela doença. Para ajudar a

Marcha Mundial de Mulheres dá início à sua 4a ação internacional

As coordenações da Marcha Mundial de Mulheres na Europa decidiram lançar uma Caravana Feminista que percorrerá todo o continente durante setes meses. A Caravana teve como ponto de partida a cidade de Nusaybin, no Curdistão turco, e terá como ponto de chegada Coimbra, em Portugal. Serão percorridas as seguintes regiões: Turquia, Grécia, Balcãs, Itália, Suíça,

Queremos compromisso com a erradicação do assédio de rua em Pequim+20!

COALIZÃO INTERNACIONAL CONTRA O ASSÉDIO SEXUAL EM VIAS PÚBLICAS Para todos os Estados Membros das Nações Unidas. Vossas excelências, Nós, a sociedade civil, congratulamos o processo de Beijing + 20 e vimos por meio desta declaração apresentar nosso posicionamento sobre o assédio sexual em vias públicas e demandar que o tema tenha visibilidade e seja

Rebecca Gomperts, fundadora da Women on Web (antiga Women on Waves) fala sobre a iniciativa de dar orientações online sobre aborto caseiro a mulheres do mundo todo

Em entrevista a Marie Claire, Rebecca Gomperts fala sobre a experiência da ONG Women on Web e o trabalho de ensinar a fazer aborto caseiro via internet, além de comandar ações que burlam leis de muitos países – e já renderam censura em sites como Facebook e Twitter. Por Letícia González, para Marie Claire.

Justiça espanhola transfere para as mulheres a decisão final do aborto

fonte: Comissão de Cidadania e Reprodução UOL Notícias 2/8/2012 O ônus da prova voltará a repercutir sobre as mulheres que abortarem, como no passado. Essa é a filosofia da reforma que o ministro da Justiça, Alberto Ruiz-Gallardón, pretende aplicar, embora em seu entorno se prefira falar em “responsabilidade”. A decisão final será da mulher, mas

ONU Mulheres promove bate-papo online sobre os direitos das meninas

Os direitos das meninas estarão em debate online no terceiro hangouts Pequim+20, promovido pela ONU Mulheres Brasil. A atividade acontecerá no dia 28 de agosto, das 14h30 às 16h, e poderá ser acompanhada ao vivo no link: bit.ly/hangouts-asmeninas-pequim20. Três especialistas serão entrevistadas por três blogueiras. O público poderá participar com perguntas ou comentários por meio