Todos os posts

Dossiê sobre criminalização das mulheres pela prática do aborto no Brasil

No dia 28 de setembro, dia Latino-Americano de Luta pela Descriminalização do Aborto, a Frente Nacional Contra a Criminalização das Mulheres e pela Legalização do Aborto lançou o dossiê Criminalização das mulheres pela prática do aborto no Brasil (2007-2015), que aborda o contexto de normatização sobre aborto, as estratégias e ações de criminalização das mulheres

Virada feminista online debate a legalização do aborto na internet

Mídias, pesquisadoras e organizações realizam, dia 28, quarta-feira, a partir das 9h da manhã a Virada Feminista On-line pela Descriminalização do Aborto na América Latina e no Caribe. Serão 24 horas de debate em alusão ao Dia de Luta pela Descriminalização do Aborto na América Latina e no Caribe. Além da discussão ao vivo, serão

Cineasta recifense Dea Ferraz lança seu primeiro longa autoral no Festival de Brasília

Premiada em importantes festivais na América Latina, com os títulos “Sete Corações” (2015) e “Alumia” (2009), diretora e roteirista finaliza “Câmara de Espelhos”, após três anos de imersão no material filmado. Em setembro, filme faz sua estreia nacional em sessão especial hors concours no 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. Construída dentro de uma

Fundo Fale Sem Medo divulga vídeo

Neste ano, os cursos da Universidade Livre Feminista estão sendo apoiados pelo Fundo Fale Sem Medo, coordenado pelo Fundo Elas em parceria com o Instituto Avon. Vários projetos estão sendo beneficiados por essa parceria, algumas das quais vocês podem ver nesse vídeo incrível de divulgação do projeto:

Trilhas Feministas na Gestão Pública: nova edição do curso virtual sobre políticas públicas

Curso gratuito e totalmente online! Em meio a uma conjuntura em que os direitos humanos e as políticas públicas que os efetivam vivem grandes ameaças e enfrentam retrocessos no Brasil, nada mais oportuno e desafiante do que aprofundar o debate sobre as políticas públicas para as mulheres. É neste contexto que Universidade Livre Feminista abre

Documentário “She’s beautiful when she’s angry” fala do movimento feminista americano dos anos 60 e 70.

Durante as mamadas da Iara, assisti, no Netflix, o documentário “She’s beautiful when she’s angry”, que apresenta a criação e a evolução do movimento feminista americano dos anos 60 e 70. Há uma série de entrevistas com mulheres importantes para a condução de várias causas e lutas e como elas inspiraram toda uma geração. Além

Urgente! Sobre as inscrições no curso Feminismo e Cotidiano

Para a nossa alegria, o curso despertou muito interesse, o que mostra que tem muita gente com vontade de conhecer e aprender mais sobre o Feminismo! Infelizmente, conforme divulgamos, não podemos atender a toda a procura. Nossa equipe é muito pequena e nossas educadoras atuam de forma voluntária, por isso não podemos ampliar a oferta

Escola de Meninas realiza oficina com objetivo de promover empoderamento feminino para meninas de 10 a 13 anos

Acontece no domingo dia 12/06 a oficina “Descobrindo sua Identidade”, do projeto Escola de Meninas. A Escola tem como principal objetivo criar espaços de mediação que promovam o empoderamento feminino para crianças. Nesta primeira oficina, as pedagogas responsáveis pelo projeto planejaram atividades lúdicas para que as crianças e adolescentes possam aprofundar o conhecimento sobre si

Mulheres, imigrantes e colaborativismo são os temas dos debates da 1ª edição do ‘Nós A Cidade’ em São Paulo

No sábado, dia 11 de junho, o movimento Cidade Lúdica realiza sua primeira edição do Nós A Cidade, ciclos de debate sobre projetos que trazem um novo olhar das relações das pessoas com o outro e com a cidade. O evento, realizado no teatro da Unibes Cultural – espaço de convivência ao lado do metrô

Mulheres jovens e feminismo: curso online abre inscrições para todo Brasil

Feminismo e cotidiano é o mais novo curso virtual que a Universidade Livre Feminista disponibiliza, voltado para duplas ou grupos de jovens estudantes de até 20 anos, de todas as regiões do país que estão querendo se aproximar do feminismo. As propostas do curso são fortalecer a autoconfiança e autonomia de mulheres jovens para enfrentarem