Periferia

Fim do processo eleitoral comprova: esquerda recuou e o fundamentalismo religioso ganhou força

Neste domingo (30 de outubro), 57 cidades do país foram para o segundo turno, e envolveram certa de 32,9 milhões de eleitores segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O único partido de esquerda a conquistar um pleito foi o PCdoB em Aracaju. O PT e o PSOL não tiveram vitória em nenhuma das cidades em

[RJ] Hoje o Laboratório Roque Pense! apresenta Feira de Cultura Feminista

Participantes da Oficina de Produção Cultural produzem, hoje, dia 20 de abril de 2016, o evento “Pense! Feira de Cultura Feminista”, no encerramento do projeto O Laboratório Roque Pense! aconteceu durante todo o mês de abril, na cidade de Duque de Caxias, integrando cinco encontros que debateram Feminismo e Produção Cultural, partindo da experiência do

Relato da Marcha do Orgulho Crespo (SP)

O site “Nós mulheres da Periferia” publicou um relato bem legal da Marcha do Orgulho Crespo, que aconteceu em São Paulo no último dia 25 de julho (Dia da mulher afro latino-americana e caribenha). A Primeira Marcha do Orgulho Crespo que aconteceu no último sábado (25) na Avenida Paulista foi acima de tudo acolhedora e fraterna.

Um ano da morte de Cláudia Ferreira

Hoje completa um ano da morte de Cláudia Ferreira. Mãe de quatro filhos, ela foi covardemente arrastada por um carro da polícia após ser baleada no pescoço numa troca de tiros entre a PM do Rio e traficantes. A história de Cláudia é um símbolo para a luta das mulheres negras na periferia do Rio

Blogueiras Negras lançam #asnegareal como crítica a série da Globo

A Série, lançada pelo Blogueiras Negras, é uma crítica à série “O sexo e as negas”, de Miguel Falabella. A série da Globo seria uma paródia de Sex and the City. Ao invés de Nova York, a história se passa no subúrbio do Rio e conta a história de quatro amigas negras: uma camareira, uma

ActionAid lança a ação ‘Cidades Seguras para as Mulheres

A Actionaid lançou no dia 8 de agosto, a campanha “Cidades Seguras para as Mulheres”, na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro. A ideia da atividade é incentivar as políticas públicas para o fim da violência contra a mulher nos espaços urbanos. A campanha tem apoio de organizações feministas, como a Marcha Mundial das