Patriarcado

SOS Corpo lança livro sobre teorias materialistas do patriarcado

O SOS Corpo – Instituto Feminista para a Democracia, de Recife, Pernambuco lançará na próxima sexta, 8 de abril de 2016, uma publicação com a contribuição de feministas materialistas para o debate sobre o patriarcado. O livro “O Patriarcado Desvendado. Teorias de três feministas materialistas – Collete Guillaumin, Paola Tabet, Nicole-Claude Mathieu” é resultado de

HBoll lança publicação sobre fundamentalismo religioso

Nos dias 12 e 13 de novembro de 2013, ativistas, pesquisadores e representantes de ONGs e de instituições religiosas se reuniram para debater a visibilidade crescente de um discurso e prática fundamentalista religiosa que tem gerado impactos negativos no campo político e no campo social. O Acordo Brasil-Vaticano legitimando o poder da Igreja Católica, o

Para ascender, mulher tem que ser melhor do que o homem, diz ministra

Paula Adamo Idoeta, da BBC Brasil em São Paulo Atualizado em  9 de outubro, 2013 – 05:25 (Brasília) 08:25 GMT Para ascender profissionalmente, a mulher “precisa ser melhor do que o homem”, diz Eleonora Menicucci, 69 anos, desde 2012 a ministra de Políticas para as Mulheres. Em entrevista à BBC Brasil, Menicucci destaca que, apesar de

Mulher brasileira é vítima de seu próprio machismo, diz historiadora

Paula Adamo Idoeta, da BBC Brasil em São Paulo Atualizado em  7 de outubro, 2013 – 06:45 (Brasília) 09:45 GMT Mary Del Priore é historiadora, professora universitária e autora de obras como História das Mulheres no Brasil (ed. Contexto), vencedor dos prêmios Jabuti e Casa Grande e Senzala, eHistórias e Conversas de Mulher (ed. Planeta), em que acompanha avanços

Parlamentares cobram mais avanços na aplicação da Lei Maria da Penha

Soraya Mendanha – Agência Senado Durante audiência pública por ocasião do aniversário de seis anos de vigência da Lei Maria da Penha, nesta terça-feira (7), as senadoras Ana Rita (PT-ES) e Marta Suplicy (PT-SP) cobraram mais avanços na aplicação da lei. Ana Rita, relatora da CPI mista que investiga a violência contra a mulher, disse que,

Monique Revillion: “O mundo literário segue sendo acentuadamente patriarcal e falocêntrico”

Márwio Câmara Jornalista e pós-graduando em Cinema e Linguagem Audiovisual, pela UGF – Universidade Gama Filho. Monique Revillion, este é o seu nome. Uma escritora natural de Porto Alegre, nascida em 1960, e que desde pequena revela-se uma apaixonada pelos livros, embora tenha começado a escrever tardiamente, segundo ela. Contudo, sua estreia nas letras, depois