Movimentos

Vídeos do Curso Reforma da Previdência são reunidos em playlist

Mais do que nunca é hora de resistir e dizer não a este governo golpista e às reformas que só visam beneficiar uma elite que não se constrange em explorar cada vez mais trabalhadoras e trabalhadores em nosso país, assim como fortalecer os movimentos de mulheres na luta contra a derrubada de direitos. Nesta linha,

#nosotrasparamos: mulheres argentinas contra o ajuste fiscal e o feminicidio

Cerca de 300 organizações feministas e sindicais argentinas convocaram uma greve de uma hora nesta quarta-feira (13h-14h), 19 de outubro, contra os feminicídios e o ajuste fiscal promovido pelo governo Macri. Mulheres de todo o país devem sair às ruas aderindo à convocação feita pela hashtag #NosotrasParamos. Feministas chilenas e mexicanas também farão uma série

Documentário “She’s beautiful when she’s angry” fala do movimento feminista americano dos anos 60 e 70.

Durante as mamadas da Iara, assisti, no Netflix, o documentário “She’s beautiful when she’s angry”, que apresenta a criação e a evolução do movimento feminista americano dos anos 60 e 70. Há uma série de entrevistas com mulheres importantes para a condução de várias causas e lutas e como elas inspiraram toda uma geração. Além

Marcha das Mulheres Negras contra a direita

Trecho do artigo de Carmen Silva, da Coletiva Dinamizadora da Universidade Livre Feminista, no site do SOS Corpo – Instituto Feminista para a Democracia. Para ler artigo completo, clique aqui. ‘Fora Cunha!’ não se refere só ao presidente da Câmara dos Deputados, mas também a todos aqueles que o seguem e que querem fazer deste

HBoll lança publicação sobre fundamentalismo religioso

Nos dias 12 e 13 de novembro de 2013, ativistas, pesquisadores e representantes de ONGs e de instituições religiosas se reuniram para debater a visibilidade crescente de um discurso e prática fundamentalista religiosa que tem gerado impactos negativos no campo político e no campo social. O Acordo Brasil-Vaticano legitimando o poder da Igreja Católica, o

Assista o vídeo da Conferência sobre a Marcha das Mulheres Negras no Youtube

Como anunciamos, na última quinta-feira (22 de outubro de 2015) fizemos uma Video-Conferência com o tema “A Marcha das Mulheres Negras na atual Conjuntura”. Se você perdeu, é possível ver o vídeo no youtube: Para pular a apresentação do vídeo, é só ir para o minuto 3:10. E acompanhe, em breve teremos novidades sobre a

VideoConferência discute a importância da marcha das mulheres negras na atual conjuntura

VIDEOCONFERÊNCIA : O significado da Marcha das Mulheres Negras na atual conjuntura O Comitê Impulsor da MMN-CE, o Fórum Cearense de Mulheres/AMB e a Universidade Livre Feminista convidam para a videoconferência, onde debateremos o significado da Marcha das Mulheres Negras na atual conjuntura, refletindo sobre a importância desta ação para a organização das mulheres negras

Impactos da PEC 215/2000 sobre os povos indígenas,populações tradicionais e o meio ambiente

[Texto de apresentação da publicação] Os direitos socioambientais no Brasil, arduamente conquistados nas últimas décadas, vêm sendo vítimas de intenso ataque. Entre as diversas ameaças estão a Proposta de Emenda Constitucional 215/2000 e suas propostas apensas, que têm como objetivo principal alterar os procedimentos de demarcação de Terras Indígenas, criação de Unidades de Conservação e

Conferência Nacional Popular: em defesa da democracia e por uma nova política econômica

5 de setembro de 2015 * das 9h as 20h Assembleia Legislativa de Minas Gerais * Belo Horizonte Reunidos no dia 10 de agosto de 2015, militantes de movimentos populares, sindicais, da juventude, negros e negras, mulheres, LGBT, pastorais e partidos políticos, intelectuais, religiosos e artistas reafirmamos a necessidade de derrotar a ofensiva das forças

NENHUM DIREITO A MENOS, DEMOCRACIA SE FAZ COM DIÁLOGO E PARTICIPAÇÃO

O Brasil começou a dar seu salto para o futuro com a implementação de uma série de políticas públicas em prol da igualdade, todas elas no contexto mundial das lutas populares e democráticas. Em especial com a realização de diversas Conferências mundiais contra o racismo (Durban em 2001), pela emancipação das mulheres (Pequim,1995), pelos direitos