Começa o Curso Feminismo com quem tá chegando

Começa o Curso Feminismo com quem tá chegando

Um curso para quem está chegando ao feminismo. No dia 22 de janeiro, começaram as atividades da terceira edição do Curso Feminismo com quem tá chegando 2018, que conta com a participação de mais de 300 inscritas de todas as regiões do país. Como o nome diz, o curso é voltado para mulheres que “estão chegando” ao feminismo, ou seja, que estão começando a descobri-lo, querendo conhecê-lo e dele participar, independente da idade.

Nas versões anteriores, ele foi realizado pela Universidade Livre Feminista totalmente no formato EaD (educação à distância) e foi feita uma seleção para participantes de todo o país. Nesta edição, o objetivo é colaborar para o fortalecimento organizativo do movimento de mulheres e do movimento feminista, ou seja, de grupos, coletivos, fóruns, redes e articulações de mulheres. A ideia é fortalecer as lutas feministas contra as desigualdades, as injustiças, as exclusões e as explorações que marcam a vida de nós, mulheres. Por isto, ao invés de selecionar pessoas, foram selecionados 15 coletivos de mulheres, de vários estados, das cinco regiões do país.

O curso Feminismo com quem tá chegando 2018 terá um formato semipresencial, com etapas pela internet (realizadas na Plataforma da Universidade Livre Feminista) e encontros presenciais (realizados pelos coletivos parceiros em seus respectivos estados). Como sempre, o elemento central de nossos processos de formação é o debate de ideias, partindo das vivências e das experiências de vida das participantes, fazendo “provocações” que estimulem a reflexão crítica e o livre pensar, mas também trazendo subsídios teóricos para aprofundar os conhecimentos.

O curso “Feminismo com quem tá chegando 2018” faz parte do projeto “Sociedade Civil Construindo a Resistência Democrática”, desenvolvido pela Universidade Livre Feminista, CFEMEA – Centro Feminista de Estudos e Assessoria, em consórcio com a ABONG, CAMP e CESE e financiado pela União Europeia. Ele é desenvolvido pela Universidade Livre Feminista, em conjunto com CFEMEA e com a parceria do SOS Corpo – Instituto Feminista para a Democracia e da CUNHÃ – Coletivo Feminista. Conta ainda com as parcerias locais dos seguintes coletivos de mulheres: Agora Juntas/RJ, AMB Candanga/DF, Articulação de Mulheres do Amapá-AMA, Articulação de Mulheres Brasileiras-SP, Articulação Parintins Cidadã/AM, Coletivo de Mulheres Casa Lilás/PE, Coletivo de Mulheres do Calafate/BA, Fórum de Mulheres do Agreste Setentrional/PE, Fórum de Mulheres da Amazônia Paraense, Fórum Permanente de Mulheres de Manaus, Fórum de Mulheres do Pajeú/PE, Grupo Inclusivas/RS, Liga Brasileira de Lésbicas/RN, Maria Mulher/RS, Movimento Ibiapabano de Mulheres-MIM/CE.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>