Eu amo meu cabelo: livro fala para os pequenos de autoestima, respeito e beleza

Eu amo meu cabelo: livro fala para os pequenos de autoestima, respeito e beleza

Cabelo é um assunto que  mexe com qualquer mulher. Desde pequena. É por isso que o livro  O Mundo no Black Power de Tayó (Peirópolis/R$ 34/44 páginas ) deve ser olhado por carinho por pais e educadores, principalmente os que convivem com crianças negras.

Escrito pela  arte-educadora paulista Kiusam de Oliveira, 48 anos, o trabalho fala sobre o tema, da perspectiva de uma bela menininha  que sente o maior orgulho de seu cabelo black. Adora enfeitá-lo e  exibi-lo por aí,  mas  sofre com o preconceito dos coleguinhas da escola.

A situação, narrada de forma lúdica, pode ser bem traumática na vida real. “A ideia surgiu das minhas próprias experiências enquanto menina negra, e, depois, como professora. Estas crianças sofrem demais com os xingamentos que recaem sobre a cor da pele e suas características físicas”, afirma Kiusam, uma das estudiosas que trabalhou na implementação da lei 10.639 – que regulamenta o ensino da história e cultura afro-brasileira nas escolas.

Ela mesmo, recorda, passou maus bocados. Ouviu piadinhas e apelidos, teve seus momentos de crise e desejos de uma cabeleira com balanço, mas aprendeu a lidar com seu black. E resolveu problematizar o tema. “São coisas que eu ouvia lá nos anos 70 e que ainda estão bem vivas no século 21”, pontua.

Continue lendo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>