Violência contra a mulher até no futebol

Violência contra a mulher até no futebol

A luta pela violência contra a mulher é constante. Ficamos horrorizadas com a infeliz declaração do jogador Felipe Melo, um dos contratados por Dunga para a seleção brasileira, nesta copa do mundo.

Na coletiva, visivelmente irritado com a qualidade da “bola” que eles jogarão nesta copa, Felipe Melo fez uma
declaração absurda comparando a péssima bola à “mulher de malandro” e a boa “bola” à uma “mulher Patricinha”, ao afirmar:

“…A outra bola é igual a mulher de malandro: você chuta e ela continua ali. Essa
de agora é igual Patricinha, que não quer ser chutada de jeito nenhum – disse Melo”
.  veja a íntegra aqui.

Realmente não tem muito o que comentar a respeito. Um comentário extremamente infeliz, machista, primeiro pelas caracterizações dadas a mulher (mulher de malandro e mulher patrícia),  e segundo pela referência a violência. 

NÃO, Sr. Felipe Melo, nós MULHERES não queremos, não toleramos e  não aceitamos sermos “CHUTADAS” em hipótese alguma. Inclusive, ser “chutada” caracteriza-se CRIME de violência fisica. A cada 15 minutos uma mulher é agredida covardemente no Brasil. Pessoas públicas como este senhor tem que analisar bem o que fala em entrevista.

Nós execramos com veemência tais palavras e estamos indignadas. 

Exigimos RETRATAÇÃO.  Citações como estas estão estampadas todos os dias na mídia. Uma atitude totalmente misógena e de total apologia à violência contra as mulheres.

Solicitamos das AUTORIDADES que exijam Retratação. Já enviamos email com o mesmo teor para as assessorias da Confederação Brasileira de Futebol e aguardamos respostas. 

Com muita indignação, 

Equipe de Moderação e Apoio da Rede Social Lei Maria da Penha
www.leimariadapenha.com.br

 

fonte: http://leimariadapenha.ning.com/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

4 × um =

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>