ActionAid lança a ação ‘Cidades Seguras para as Mulheres

ActionAid lança a ação ‘Cidades Seguras para as Mulheres

A Actionaid lançou no dia 8 de agosto, a campanha “Cidades Seguras para as Mulheres”, na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro. A ideia da atividade é incentivar as políticas públicas para o fim da violência contra a mulher nos espaços urbanos.

ActionAind: Imagem de divulgação.

A campanha tem apoio de organizações feministas, como a Marcha Mundial das Mulheres (MMM) e a Articulação de Mulheres Brasileiras (AMB). De acordo com a assessora da ActionAid Brasil, Gabriela Pinto, a ação tem o intuito de pessionar as autoridades no que se refere ao fornecimento de serviços básicos que possam garantir a segurança feminina nos espaços públicos.

“Queremos chamar atenção para a relação entre a qualidade dos serviços em iluminação, transporte, policiamento, moradia e educação. Os Governantes devem se comprometer com a adoção de medidas concretas para melhorar esses serviços, pois sua precariedade agrava a vulnerabilidade das mulheres à violência, conforme uma pesquisa que realizamos em áreas de periferia em Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Norte”, disse a assessora do grupo.

O lançamento da campanha Cidades Seguras aconteceu na abertura do seminário nacional do Fórum Nacional de Reforma Urbana, em audiência pública na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. O Ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria Geral da Presidência, recebeu dos movimentos e da ActionAid um exemplar da Carta Política das Mulheres com reivindicações de melhorias em serviços públicos. Cerca de 200 lideranças de movimentos sociais urbanos e feministas estiveram presentes.

A pesquisa realizada pelo Actionaid mostra que as mulheres têm suas rotinas afetadas pelo medo da violência. No Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, 80% disseram já ter desviado seu trajeto por causa da escuridão na rua, e 66% já sofreram assédio dentro do transporte público.

Cidades_Seguras

A ActionAid informou que preparou uma série de documentos. Para quem tiver interesse, os links são:

Nota sobre campanha

http://www.actionaid.org.br/stories/actionaid-lanca-campanha-cidades-seguras-para-mulheres

Histórias

http://www.actionaid.org.br/stories/todo-dia-jaqueline-sente-medo-do-escuro

http://www.actionaid.org.br/stories/keyla-nao-pega-onibus-tranquila

http://www.actionaid.org.br/stories/rayssa-nao-anda-sozinha-depois-das-18h

 

Vídeos

iluminação

https://www.youtube.com/watch?v=GO3GCtP0-6Y&feature=youtu.be

transporte

https://www.youtube.com/watch?v=dOP3N98VQrg&list=UUiRIW7mtV7VxxVT2hVTJaWQ

policiamento

https://www.youtube.com/watch?v=W_FXwl4ko_w&feature=youtu.be

lanternaço

https://www.youtube.com/watch?v=nUFMStuOXvg&list=UUiRIW7mtV7VxxVT2hVTJaWQ

Documentos

Carta política

http://www.actionaid.org.br/publications/carta-politica-da-campanha-cidades-seguras-para-mulheres

Linha de base

http://www.actionaid.org.br/publications/linha-de-base-campanha-cidades-seguras-para-mulheres

 

.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>