Casos de feminicídio na Guatamela são tratados em seminário na Espanha

Casos de feminicídio na Guatamela são tratados em seminário na Espanha

Karol Assunção *

Adital – “Feminicídio e impunidade na América Latina: análise do caso da Guatemala”. É com esse tema que a Casa de América e a Associação de Investigação e Especialização sobre temas Ibero-americanos realizam, amanhã (6), um seminário sobre a questão dos feminicídios na América Latina, enfocando o caso da Guatemala. O evento acontece de 9h20 as 17h, nas Salas Machado de Assis e Camões, na Casa de América, em Madri, Espanha.

 

A escolha do estudo sobre a Guatemala não foi por acaso. O país é o segundo da América Latina a possuir o maior índice de violência contra a mulher, perdendo apenas para o México. Prova disso é que, somente entre 2008 e 2009, foram registrados, no país centro-americano, 877 crimes contra mulheres, dos quais a maioria ainda permanece na impunidade.

No feminicídio, as mulheres e as meninas são assassinadas apenas pelo fato de serem mulheres. No entanto, essa não é a única forma de violência registrada contra esse grupo. Muitas sofrem com agressões tanto em locais públicos quanto privados, são vítimas do crime organizado , da violência familiar e até mesmo do próprio companheiro.

Por conta disso, a ideia do seminário é discutir sobre a realidade das mulheres guatemaltecas e fazer um balanço da situação de feminicídio na América Latina, assim como analisar as propostas e compromissos da União Europeia para enfrentar a violência contra mulheres. Além disso, pretende chamar atenção para esse problema na VI Cúpula União Europeia – América Latina e Caribe, que acontecerá nos dias 18 e 19 de maio, em Madri, na Espanha.

Para o debate, o evento contará com a presença de especialistas e representantes de associações de mulheres, como: Norma Cruz (Guatemala), diretora da Fundação Sobreviventes e Prêmio Internacional das Mulheres de Coragem 2009; Jaime Hermida (Espanha), chefe da área de América Latina do Escritório de Direitos Humanos do Ministério de Assuntos Exteriores e Cooperação; e Angélica Valenzuela (Guatemala), diretora do Centro de Investigação, Capacitação e Apoio à Mulher.

O seminário acontece amanhã (6), a partir das 9h20, na Casa de América (Plaza de la Cibeles, 2 – Madri, Espanha). Para participar, os interessados devem fazer inscrição em: comunicacion@aieti.es

Mais informações em: www.casamerica.es

* Jornalista da Adital

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>