_Entrevista

Mulher brasileira é vítima de seu próprio machismo, diz historiadora

Paula Adamo Idoeta, da BBC Brasil em São Paulo Atualizado em  7 de outubro, 2013 – 06:45 (Brasília) 09:45 GMT Mary Del Priore é historiadora, professora universitária e autora de obras como História das Mulheres no Brasil (ed. Contexto), vencedor dos prêmios Jabuti e Casa Grande e Senzala, eHistórias e Conversas de Mulher (ed. Planeta), em que acompanha avanços

Nunca precisei gritar para ser respeitada, diz delegada pioneira em SP

Luis Kawaguti, da BBC Brasil em São Paulo Atualizado em  12 de outubro, 2013 – 07:01 (Brasília) 10:01 GMT Poucos exemplos ilustram tão bem a presença feminina em profissões originalmente masculinas quanto mulheres que ocupam cargos das áreas da segurança pública e da defesa nacional. Enquanto o governo da presidente Dilma Rousseff negocia com o Exército

“El feminismo es irrebatible”

ENTREVISTA A ROSA SAN SEGUNDO La directora del recién nacido Instituto Universitario de Estudios de Género de la Universidad Carlos III de Madrid reivindica la perspectiva de género en la investigación. ANNA FLOTATS Madrid 11/10/2013 16:49 Actualizado: 11/10/2013 16:49 – PUBLICO.ES Noticias relacionadas Ellas piden la pelota “La maratón se parece al embarazo” Las chicas de oro invisibles Hermanas

Católicas lançam campanha contra discurso “conservador” da Jornada Mundial da Juventude

“Se aborto é um debate pela vida, quero debater a das mulheres que morrem”

Peter Burke: “La estrategia del miedo para evitar la revuelta es una constante histórica”

Chico de Oliveira: “Assustaram os donos do poder, e isso foi ótimo”

RICARDO MENDONÇA Folha de S.Paulo Socialista inveterado, acadêmico prestigiado, parceiro rompido de Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva, o sociólogo Francisco de Oliveira completou 80 anos quinta-feira passada (dia 7) sem demonstrar qualquer sinal de afrouxamento da energia crítica. Em entrevista realizada no seu apartamento no bairro da Lapa, em São Paulo,

Monique Revillion: “O mundo literário segue sendo acentuadamente patriarcal e falocêntrico”

Márwio Câmara Jornalista e pós-graduando em Cinema e Linguagem Audiovisual, pela UGF – Universidade Gama Filho. Monique Revillion, este é o seu nome. Uma escritora natural de Porto Alegre, nascida em 1960, e que desde pequena revela-se uma apaixonada pelos livros, embora tenha começado a escrever tardiamente, segundo ela. Contudo, sua estreia nas letras, depois