Sem categoria

Websérie apresenta histórias reais de violências contra as mulheres

Na 3ª temporada, ‘Confessionário – Relatos da Casa’ é ainda mais real Em cinco dos nove episódios, atrizes contam histórias pessoais de violências sofridas Dor. Vergonha. Desespero. A agressão sexual vandaliza a intimidade da vítima. Transtorna a ponto de muitas optarem por não lidar mais com as lembranças e tentarem apagá-las. Já a atriz porto-alegrense

Tempos modernos? Trabalho feminino em pandemia

Via Outras Palavras. O tão romantizado “home office”, novo fio invisível da exploração neoliberal, escancara a importância do serviço doméstico. É motor de pulsação do cotidiano. Mas, desvalorizado e sub-remunerado, expõe mais uma desigualdade de gênero por SOS Corpo   A forma de desenvolvimento capitalista produziu historicamente uma vida cotidiana em que o tempo social

25 de Novembro: Queridos homens

No dia pela eliminação da violência, a professora e pesquisadora Daiany Dantas fala do obscuro objeto de desejo que é a afetividade masculina Link para a matéria original: https://nossaciencia.com.br/colunas/queridos-homens/ Na coluna desta semana, que sai no dia internacional pela eliminação da violência contra as mulheres, a professora e pesquisadora Daiany Dantas interpela aqueles que perpetram

Um conto no Dia da Visibilidade Lésbica, 29 de agosto

Corajosas como a onça e livres como um pássaro!

A revolução é das mulheres: Margaridas mostram o poder do movimento organizado das trabalhadoras do campo, das águas e das florestas em resistência ao fascismo

“O território é nosso corpo, nosso espírito e essa luta é de todas nós”

“Firmes na resistência” – Vitória de Bolsonaro | Analba Brazão Teixeira, educadora y militante feminista:

Analba Brazão, educadora e militante feminista, integrante do SOS Corpo, da Articulação de Mulheres Brasileiras e colaboradora da Universidade Livre Feminista, fala sobre o enfrentamento ao fascismo, a violência que permeou as eleições 2018, a organização das mulheres e a resistência do Nordeste: “Estamos firmes na resistência”. A entrevista está em espanhol, mas super vale a

Legalize, o corpo é nosso!

Segurança digital feminista em debate na Paraíba