Todos os posts

Infraestruturas Feministas na construção de um novo mundo

Violência contra as mulheres é um problema crônico nas universidades, revela pesquisa

Coletivo As Trapeiras apresenta projeto “Fortalecendo Mulheres” em formato virtual

Coletivo se aproxima de mulheres vinculadas a centros de acolhimento e outros espaços através de oficinas artístico-pedagógicas, espetáculos e contação de histórias, alertando sobre a violência de gênero e padrões tóxicos de comportamento, dentro e fora de relacionamentos amorosos. Projeto fortalece mulheres cis e trans contribuindo para a quebra de ciclos de violência doméstica A

Campanha educativa “Feminismo com quem tá chegando” (ou por que não fazemos um curso básico sobre Feminismo?)

Odailta Alves, uma escritora de “letras pretas”

#paracegover #paracegoler

Mulheres de classes populares e internet é tema de live, nesta terça, 16

Os rostos do Chile na crise do modelo neoliberal

“O Chile despertou”, “explosão” ou “explosão social” são algumas das expressões locais que têm sido usadas para nomear o evento que surpreendeu a sociedade chilena no dia 18 de outubro, em reação ao aumento de 30 pesos na tarifa do Metrô de Santiago. O chamado dos alunos que incitaram e iniciaram o protesto foi “Evadir e não pagar”. Desde então, os cidadãos têm permanecido atentos e comprometidos com as suas demandas, insistentes e reiteradas nos últimos anos porque “não são 30 pesos, são 30 anos”, disseram eles.

Mulheres Negras e a (Não) Efetivação dos Direitos Humanos

Por Terlúcia Silva* para Brasil de Fato Link para matéria original: https://www.brasildefato.com.br/2019/12/12/artigo-or-mulheres-negras-e-a-nao-efetivacao-dos-direitos-humanos/ A Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) completa 71 anos em 10 de Dezembro de 2019. Criada no contexto pós-segunda Guerra Mundial, a DUDH foi proclamada durante a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em 1948. Considerada a “Carta Magna” dos direitos humanos em nível mundial tem influenciado

Espiral Feminista em vídeo: confira as conferências de abertura

    Entre os dias 19 e 22 de outubro, o SOS Corpo Instituto Feminista para a democracia realizou o Espiral Feminista, curso de formação feminista nacional de caráter teórico-político que reuniu mais de 50 mulheres engajadas em organizações e frentes de luta do movimento feminista brasileiro. Militantes feministas de diferentes cidades e estados brasileiros se reuniram