Estupro

PL da atenção às vítimas de estupro é inegociável e deve ser sancionado integralmente pela presidenta Dilma

Agência Patrícia Galvão Prazo para sanção ao texto vence dia 1º de agosto. Organizações feministas vêem ataque aos casos de aborto legal já previstos no Código Penal brasileiro na cruzada aberta por entidades religiosas contra a proposta, que não traz nenhuma mudança na legislação em vigor e apenas regulamenta os procedimentos para atendimento hospitalar em

‘Denúncias vão elevar índices de estupro’, diz ministra Eleonora Menicucci

“É vergonhoso”, disparou Dilma Rousseff dias atrás, ao comentar publicamente o novo Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Referia-se ao seguinte vexame estatístico: o número de estupros no País, em 2012, foi 18,7% maior do que em 2011, superando o número de homicídios dolosos. Mas a reação da presidente, na avaliação de uma de suas ministras mais próximas, a

Abuso sexual na África do Sul acontece a cada 26 segundos

Jornal pede desculpas por afirmação machista

Estupro ou aborto: como comparar?