Violência contra as mulheres

Lésbicas negras e o desafio da visibilidade

Aproveitando as comemorações do dia da visibilidade lésbica e bissexual [1], e inspiradas pela música das Tambores de Safo [2], “Lésbica e Negra”, separamos alguns textos e músicas para inspirarem vocês também. Afinal, o feminismo pelo qual lutamos será antirracista e anti-lesbofobia, ou não será! Playlist Lésbica a Negra (Tambores de Safo) Flor de Mulher

Dia Nacional da Visibilidade Lésbica e Bissexual 2014

“Por causa do silêncio, cada um de nós desenha o rosto de seu próprio medo — medo de desprezo, de censura, de algum julgamento, ou reconhecimento, de desafio, de aniquilação. Mas acima de tudo, penso eu, nós tememos a visibilidade sem a qual não podemos viver verdadeiramente.” Audre Lorde, em “Seu silêncio não irá te

Em São Paulo, crianças são obrigadas a assistir revistas vexatórias das mães

Andrea Dip e Fernando Gazzaneo, para Pública – 24/07/2013 – 11h01 Meu filho não é bandido. Ele tem apenas 5 anos e o Estado quer castigá-lo como castiga o pai, que já está preso e pagando pelo que fez”. A frase, carregada de indignação, é pronunciada com punhos cerrados sobre a mesa, pela paulistana A., mãe

Procedimentos na Delegacia da Mulher

Fonte: Marcha das Vadias de Campinas: https://marchavadiascampinas.milharal.org/2013/08/02/procedimentos-na-delegacia-da-mulher/ Enquanto um coletivo que luta no combate à violência contra a mulher, nós, vadias de Campinas refletimos muito sobre a culpabilização das vítimas que sofrem abusos e em nos formar para ‘o que fazer quando sofremos casos de violência?’. Nesse sentido, procuramos a ajuda de uma advogada, muito

MARINA SANTOS: “É preciso superar a impunidade”

fonte: http://www.brasildefato.com.br/node/12157 04/03/2013 Alan Tygel e Vivian Virissimo, de Campos dos Goytacazes (RJ) – BRASIL DE FATO A violência em Campos dos Goytacazes, região norte do Rio de Janeiro, ocorre com a cumplicidade do poder público que não garante apoio aos assentamentos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). É o que afirma a dirigente

ActionAid lança a ação ‘Cidades Seguras para as Mulheres

A Actionaid lançou no dia 8 de agosto, a campanha “Cidades Seguras para as Mulheres”, na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro. A ideia da atividade é incentivar as políticas públicas para o fim da violência contra a mulher nos espaços urbanos. A campanha tem apoio de organizações feministas, como a Marcha Mundial das

DF lidera agressões contra homossexuais

Denúncias de violência recebidas por serviço da Presidência da República cresceram mais de 400% na capital federal THAÍS PARANHOS – Correio Braziliense A intolerância contra os homossexuais está cada vez mais exposta. Assim como três mulheres revelaram terem sido agredidas em decorrência da orientação sexual nesta semana, outras centenas de pessoas denunciaram a violência motivada

Vanessa Grazziotin repudia anulação de sentença aplicada ao ator Dado Dolabella

Agência Senado A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) usou a tribuna, nesta sexta-feira (5), para manifestar repúdio à decisão da 7ª Câmara do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro de anular condenação ao ator Dado Dolabella por agresssão à então namorada, a também atriz Luana Piovani. O ator havia sido sentenciado a 2 anos e

PL da atenção às vítimas de estupro é inegociável e deve ser sancionado integralmente pela presidenta Dilma

Agência Patrícia Galvão Prazo para sanção ao texto vence dia 1º de agosto. Organizações feministas vêem ataque aos casos de aborto legal já previstos no Código Penal brasileiro na cruzada aberta por entidades religiosas contra a proposta, que não traz nenhuma mudança na legislação em vigor e apenas regulamenta os procedimentos para atendimento hospitalar em

“Projeto é a consolidação do enfrentamento da cultura do estupro no Brasil”

Por Felipe Rousselet – Revista FORUM Jolúzia Batista, socióloga e assessora do CFEMEA (Centro Feminista de Estudos e Assessoria), fala sobre projeto de lei que regulamenta normas para o atendimento de vítimas de estupro e critica religiosos que pressionam a presidenta Dilma Rousseff por veto A presidenta Dilma Rousseff tem até o próximo dia 1º de