Violência contra as mulheres

Lei Maria da Penha é ameaçada pelo novo CPP, dizem especialistas

Os avanços introduzidos pela Lei Maria da Penha na proteção das mulheres podem ser anulados caso o projeto de lei que cria o novo Código de Processo Penal (CPP) seja aprovado da forma como está. Essa é a avaliação dos especialistas que participaram, nesta terça-feira (18), da reunião convocada pela senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), vice-presidente

Maria da Penha só vai sair do papel quando o Estado se preparar para isso, diz feminista

A violência doméstica e familiar contra a mulher, traço mais evidente e cruel do machismo, passou a ser tipificado na lei como crime há três anos, após a luta de Maria da Penha, que, depois de 20 anos sofrendo agressões do marido, resolveu denunciar o caso para o Estado e no cenário internacional, apoiada por movimentos

Oficinas de Formação para o Monitoramento das Políticas Públicas de Enfrentamento da Violência Contra a Mulher

CRIOLA e CFEMEA convidam você a se inscrever nas Oficinas de Formação para o Monitoramento das Políticas Públicas de Enfrentamento da Violência Contra a Mulher que faz parte do Projeto Participação das Mulheres no Acompanhamento da Política Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, uma parceria CRIOLA, CFEMEA com o apoio da AVINA.

Rotas da exploração sexual na Amazônia

Em pouco mais de cinco anos, o disque contra exploração sexual registrou 14 mil denúncias na Amazônia Legal.  A região é também a principal rota do tráfico de mulheres no Brasil.  Para especialistas, a impunidade, a migração e a falta de políticas públicas são algumas das causas do problema. Fabíola Munhoz, do Amazônia.org.br

MARIA DA PENHA / DF segue no topo de denúncias

A lei que combate a violência contra a mulher trouxe avanços, mas o crime continua a ocorrer. Especialistas defendem não apenas a punição, como o atendimento aos agressores para evitar a reincidência

Mulheres: Mudar estereótipos é o mais necessário

Para exercerem seus direitos, é preciso mudar a imagem negativa das mulheres em algumas sociedades, disse à IPS Naela Gabr, presidente do Comitê para a Eliminação da Discriminação contra a Mulher (Cedaw). Especialistas deste órgão vinculado à Organização das Nações Unidas avaliarão até 7 de agosto a situação dos direitos femininos em 11 países. O

Abuso sexual na África do Sul acontece a cada 26 segundos

Um em cada quatro homens já estuprou na África do Sul, mostra estudo. Mesmo com denúncias, problema persiste, e às vezes dentro de casa. G1 conheceu projeto de ONG que tenta combater o abuso sexual.  

Jornal pede desculpas por afirmação machista

O jornal britânico Daily Telegraph se desculpou, esta semana, por um artigo publicado em junho que dizia que mulheres que bebem álcool são mais suscetíveis a estupros. Em uma nota publicada na segunda-feira [13/7], o jornal alegou que um “erro de edição” modificou o sentido da frase na matéria, que era baseada em um press

Execução de mulheres cresce 31,5% no Ceará

Em menos de cinco meses, já são 50 mulheres mortas no Ceará contra 38 óbitos em igual período de 2008

Estupro ou aborto: como comparar?

Ruth de Aquino – revista Época Agora foi a vez de um cardeal espanhol minimizar a gravidade do crime de estupro. Milhares de crianças sofreram abusos e violências sexuais nas mãos de padres e freiras na Irlanda entre os anos 1930 e 1990. Foi uma história de horror ainda não revelada completamente, por resistência da