Conselho Nacional dos Direitos da Mulher divulga resultado do segundo turno das eleições para o triênio 2010/2013

Conselho Nacional dos Direitos da Mulher divulga resultado do segundo turno das eleições para o triênio 2010/2013

A posse das novas conselheiras está prevista para a primeira semana de agosto


A Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf) venceu o segundo turno das eleições para escolha da segunda entidade suplente na Categoria B que comporá  Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM) no triênio 2010-2013.

Nesta quarta-feira (23/6), foi realizado o segundo turno da eleição para o desempate entre três entidades. Concorreram: a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (CONTEE), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf).  O  processo de votação foi virtual, as entidades eleitoras acessaram o site indicado para a votação e confirmaram seu voto por meio de senha recebida.

Na eleição realizada nos dias 25 e 26 de maio, foram escolhidas 20 entidades da sociedade cível organizada que vão compor o CNDM no próximo pleito. As 14 entidades mais votadas na categoria A (redes e articulações feministas e de defesa dos direitos das mulheres) são titulares e a 15ª ficou como suplente. Na categoria B (organizações de caráter sindical, associativo, profissional ou de classe) as titulares são as sete mais votadas e a oitava e nona ficam como suplentes, três entidades da categoria B ficaram empatadas em 9º lugar.  A Comissão de  Validação das Candidaturas decidiu que o desempate seria feito por meio do segundo turno.

A posse das novas conselheiras está prevista para a primeira semana de agosto, quando termina do pleito atual.

Conselho – Atua  articulando-se com os movimentos de mulheres, conselhos estaduais e municipais dos direitos da mulher e outros conselhos setoriais para o fortalecimento do processo de controle social e o estabelecimento de estratégias comuns de implementação de ações para a igualdade e equidade de gênero no país.

Veja aqui o resultado final.

Comunicação Social

Mandato 2010-2013
Representantes da Sociedade Civil
Entidades Titulares da Categoria “A”
(Redes e Articulações feministas e de defesa dos direitos das mulheres)

1- Articulação de Mulheres Brasileiras – AMB
2- Articulação de Ong’s de Mulheres Negras – AMNB
3 – Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica – ABMCJ
4- Confederação de Mulheres do Brasil – CMB
5- Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas – FENATRAD
6 – Fórum Nacional de Mulheres Negras – FNMN
7- Instituto Equit – Gênero, Economia e Cidadania Global
8- Liga Brasileira de Lésbicas -LBL
9- Marcha Mundial de Mulheres – MMM
10- Movimento Articulado de Mulheres da Amazônia – MAMA
11- Movimento de Mulheres Camponesas – MMC
12- Rede Economia e Feminismo – REF
13- Rede Nacional Feminista de Saúde e Direitos Reprodutivos
14- União Brasileira de Mulheres – UBM

Entidade Suplente da Categoria “A”:

1-Federação das Associações de Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil –
BPW Brasil

Entidades Titulares da Categoria “B”
(Organizações de caráter sindical, associativa, profissional ou de classe que atuem na
promoção dos direitos das mulheres e que tenham instância específica de mulheres)

1- Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva – ABRASCO
2- Central Geral dos Trabalhadores do Brasil- CGTB
3- Central Única dos Trabalhadores – CUT
4- Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura – CONTAG
5- Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE
6- Conselho Federal de Psicologia- CFP
7- União Nacional dos Estudantes – UNE

Entidades Suplentes da Categoria “B”:
1- Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria- CNTI
2- Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar – FETRAF

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>