Entrevista com Débora Diniz sobre seu novo livro, que revela os detalhes da vida das mulheres atrás das grades

Entrevista com Débora Diniz sobre seu novo livro, que revela os detalhes da vida das mulheres atrás das grades

Em entrevista ao El País, Débora Diniz fala da sua experiência com a pesquisa que deu origem ao livro. A antropóloga, professora da Universidade de Brasília, passou seis meses frequentando, quase diariamente, da manhã até à noite, o PFDF – Presídio Feminino do Distrito Federal (popularmente conhecido como Colmeia), situado no Setor de Chácaras da região administrativa do Gama, no Distrito Federal. A instituição destina-se ao recolhimento de mulheres, sentenciadas ao cumprimento de pena privativa de liberdade, nos regimes semi-aberto e fechado, bem como de presas provisórias, que aguardam julgamento pelo Poder Judiciário.

Leia AQUI a Entrevista completa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>