Espiral Feminista em vídeo: confira as conferências de abertura

Espiral Feminista em vídeo: confira as conferências de abertura

 

 

 

Entre os dias 19 e 22 de outubro, o SOS Corpo Instituto Feminista para a democracia realizou o Espiral Feminista, curso de formação feminista nacional de caráter teórico-político que reuniu mais de 50 mulheres engajadas em organizações e frentes de luta do movimento feminista brasileiro. Militantes feministas de diferentes cidades e estados brasileiros se reuniram em Chã Grande, no Agreste pernambucano, para quatro dias de exposições, debates, rodas de autorreflexão e grupos de trabalho que tiveram como inspiração os feminismos e a luta antissistêmica.

Compartilhamos parte da riqueza deste processo: os vídeos das conferências de abertura do Espiral – que contou com as contribuições de Betânia Ávila e Carmen Silva – que o SOS Corpo reuniu em seu canal do Youtube. Vale muito a pena conferir!

Conferência de Abertura do Espiral Feminista com Betânia Ávila: contexto político mundial

Em um contexto mundial de antifeminismo pungente, de avanço sobre os direitos conquistados pela classe trabalhadora em diferentes lugares do mundo, de grande obscurantismo e combate ao desenvolvimento do pensamento das ideias, das artes, da cultura, da educação, o Espiral Feminista se apresenta como contraponto e como forma de fortalecer a luta feminista no processo de resistência democrática. Se por um lado o neoliberalismo avança, por outro, vivemos um contexto de grande crescimento, expansão e aprofundamento do movimento feminista. O movimento feminista no Brasil hoje é uma das forças dos movimentos sociais populares que mais cresce, sendo um movimento absolutamente fundamental também na construção de uma nova perspectiva social.

Para disputar esse momento de ataque à educação e à todas as dimensões públicas da educação no Brasil, o Espiral Feminista objetivou o fortalecimento da prática e do pensamento crítico feminista a partir das elaborações e pesquisas feitas pelo SOS Corpo. Na programação formativa do curso aconteceram momentos de análise da conjuntura política mundial, do momento político brasileiro e de como o movimento feminista é estratégico para a defesa da democracia no país.

 

Conferência de Abertura do Espiral Feminista com Carmen Silva: momento político brasileiro

Para isso, foram articulados elementos fundamentais para o movimento, especialmente a necessidade de aprofundar seu caráter antirracista, antipatriarcal e anticapitalista como parte indissociável da luta feminista dentro dos processos de contestação e resistência dos movimentos sociais contra a alçada do fascismo e do neoliberalismo na América Latina. Segundo Carmen Silva, integrante do SOS e uma das coordenadoras do curso, o Espiral Feminista foi proposto em “um momento da luta feminista que nos exige ter mais instrumentos para pensar o mundo”.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>