Mulheres da Via Campesina fazem jornada contra o agronegócio

Mulheres da Via Campesina fazem jornada contra o agronegócio

Ao relembrar o dia 8 de março, a Jornada Nacional de Luta das Mulheres Camponesas neste ano traz o lema Mulheres em luta: pela soberania alimentar, contra a violência e o agronegócio. Com isso, milhares de mulheres dos movimentos sociais que compõem a Via Campesina se mobilizarão em todo país durante a primeira quinzena de março para denunciar o capital estrangeiro na agricultura brasileira e as empresas transnacionais, chamando a atenção da sociedade do modelo destrutivo do agronegócio para o meio ambiente, a ameaça à soberania alimentar do país e a vida da população brasileira, afetando de forma direta a realidade das mulheres. Ao mesmo tempo, as camponesas apresentarão como alternativa o projeto de agricultura baseado na agroecologia, e propõe a luta em defesa da soberania alimentar.

mst_jornada de luta

As mulheres afirmam lutar “porque a participação efetiva no processo político de luta, de mobilização, de formação e de decisão é condição para a elevação do nível de consciência das mulheres”.
“E, para nós, a luta é uma condição para a vitória. A visibilização é importante, a participação é necessária, mas o protagonismo é a condição para mudar a realidade das mulheres. Assumir o comando da luta como sujeitos políticos cria as condições para que as mulheres construam sua própria história”.

A Jornada Nacional de Luta das Mulheres campesinas também se coloca como desafio para a divulgação e a construção de formas de viver e produzir, que contribuam para a soberania alimentar do país e a preservação da biodiversidade. E deve se colocar em aliança com as mulheres trabalhadoras da cidade, para que juntas possam mudar os rumos da história e construir uma sociedade com novos valores e um mundo sem violência e sem opressão.

“Assumimos o compromisso de lutar incansavelmente contra toda e qualquer forma de opressão e mercantilização da vida, do corpo e dos bens naturais”.

Para baixar os materiais da jornada, ACESSE AQUI!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>