Nas rodas e nas Redes

Nas rodas e nas Redes

Ao longo dos últimos dez anos, a Universidade Livre Feminista tem se dedicado a fortalecer as lutas e movimentos feministas através de processos contínuos de formação on-line, presenciais e semipresenciais, estimulando a produção coletiva de conhecimento e promovendo a comunicação e articulação entre feministas de diferentes partes do Brasil.

Essa tem sido uma trajetória de muitas descobertas e desafios, na qual temos aprofundado as nossas reflexões sobre como construir uma pedagogia feminista on-line.

Do surgimento da Universidade Livre pra cá, o feminismo ocupou cada vez mais espaços na internet e a internet passou também a ocupar lugares cada vez mais estratégicos nas disputas políticas em curso no país e mundo afora.
Os blogs e as redes sociais foram a porta de entrada de muitas militantes para o feminismo, principalmente para a geração nascida a partir da década de 1990.

Ao mesmo tempo, a militância também tem sido um estímulo para que muitas mulheres, antes excluídas desse universo, se apropriem da internet, movidas pela necessidade de utilizar redes sociais e e-mails para mobilização e articulação política01.

Sendo a Universidade Livre Feminista um projeto político pedagógico que surge com o intuito de explorar as possibilidades colocadas pela ampliação do acesso à internet, temos pensado continuamente sobre o papel que ela cumpre nas nossas experiências de articulação política, sobre como explorar esses recursos de maneira contra-hegemônica e também sobre as suas limitações.

Entre os desafios encontrados no nosso caminho estão as profundas desigualdades que atravessam a vida das mulheres e o seu acesso às tecnologias.

Baixe a cartilha, clique aqui.

2 Comentários on - Nas rodas e nas Redes

  • ANGELI ROSE
  • 6 de julho de 2020 at 16:27
  • Responder

Olá! Estou idealizando e construindo com outras mulheres o COLETIVO MULHERES ARTISTAS. Gostaria que em algum momento a ULF pudesse participar de uma das lives que estaremos realizando como 1a. ação cultural.
Legal conhecer esta iniciativa!

  • Cristina Lima
  • 20 de julho de 2020 at 20:15
  • Responder

Olá, Angeli.

Desculpe a demora em responder. Ainda estão com esta demanda? Podemos ajudar articulando artivistas para dialogarem com vocês neste processo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>