Prosa feminista: pesquisa de mulheres para mudar o mundo

Prosa feminista: pesquisa de mulheres para mudar o mundo

A Universidade Livre Feminista tem uma novidade pra te contar, é sobre uma nova série que vai rolar no Instagram: Prosas feministas: pesquisas de mulheres para mudar o mundo.
São lives de até 30 minutos, sempre na primeira terça-feira do mês, às 17h, aqui no nosso perfil.
Nessas prosas rápidas, convidaremos pesquisadoras feministas para conversar sobre seus trabalhos. Com uma comunicação descomplicada, a gente quer contribuir com a visibilização da produção de conhecimentos das mulheres dentro da academia e a partir dos coletivos e movimentos feministas e de mulheres.
A primeira prosa é na próxima terça, fica ligada que em breve divulgaremos o tema e a convidada!
Estamos animadas com esse novo projeto de comunicação popular pelas redes!
Diz aí, quais temas você quer ver por aqui?

Primeira live acontece no perfil @ulivrefeminista no Instagram, nesta terça, às 17h

A universidade está longe de ser um espaço seguro para as mulheres. Esse é o assunto da nossa primeira “Prosa feminista: pesquisas de mulheres para mudar o mundo”, nesta terça, 6 de abril, às 17h.
Vamos conversar com Milena Barroso, que atua no Programa de pós-graduação em Serviço Social da Universidade Federal do Amazonas e é professora da Universidade Federal de Sergipe.
Milena, que também é colaboradora da Universidade Livre Feminista, coordenou um estudo que envolveu 1.166 participantes de três universidades públicas do Amazonas. Entre as pessoas que sofreram violências nessas universidades, 74% são mulheres. Além da condição de gênero, estas violências têm relação com a raça, a etnia e a classe social das participantes. Muitas dessas violações não chegam a ser denunciadas.
A proposta da pesquisa é contribuir para desnaturalizar a violência contra as mulheres nas universidades e construir um ambiente universitário sem opressões para todas as pessoas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>