Segurança digital feminista em debate na Paraíba

Segurança digital feminista em debate na Paraíba

Uma oficina e uma roda de diálogo discutem segurança digital feminista em João Pessoa, Paraíba, nos dias 26 e 27 de agosto. O objetivo das atividades é provocar a discussão sobre militância feminista e ação política das mulheres e internet, considerando a proteção, o cuidado e a segurança das mulheres dentro e fora da rede. A Oficina será realizada no dia acontece no domingo, 26, e envolverá militantes do movimento feminista e de mulheres da João Pessoa e região metropolitana e Campina Grande: mulheres organizadas em coletivos, redes, fóruns/articulações, mulheres negras, lésbicas, trans, indígenas, do campo, mulheres de periferia, mulheres com deficiência, entre outras identidades, mulheres organizadas em movimentos sociais.

A Roda de Diálogo Segurança Digital Feminista: cuidado e proteção em tempos de criminalização acontece na próxima segunda, 27 de agosto, a partir das 19h, na UFPB, em João Pessoa. A roda é aberta a mulheres em todas as suas diferenças e diversidade: negras, lésbicas, trans, indígenas, jovens, adultas, do campo, de periferia, com deficiência, de núcleos acadêmicos, organizadas em redes, coletivos, movimentos sociais. O debate também pretende envolver militantes que atuam na defesa dos direitos humanos, considerando a crescente criminalização destes setores, especialmente após o golpe institucional de 2016. Assim, é urgente o debate sobre como atuar politicamente utilizando a internet, uma realidade que impacta na vida de todas as pessoas, tomando cuidados e colocando em prática mecanismos de proteção dentro e fora da rede.

A roda é uma iniciativa da Universidade Livre Feminista em parceria com diversas organizações: Articulação de Mulheres Brasileiras – AMB, Marialab, Cunhã Coletivo Feminista, Coletivo Intervozes, Grupo Marias/CDRH e Rede Nacional de Feministas Antiproibicionistas (RENFA). As ações contam com apoio do fundo Global para Mulheres, da Fundação Diaconia  e do SIntep/PB.

Saiba mais sobre segurança digital feminista – Em 2017, a Universidade Livre Feminista, em parceria com diversas organizações, lançou a Guia Prática de Estratégias e Táticas para a Segurança Digital Feminista, buscando informar sobre as ameaças e cuidados mulheres que atuam na internet. Este processo tem sido construído coletivamente junto com CFEMEA, SOS Corpo, Cunhã Coletivo Feminista, Marialab e Blogueiras Negras.Além da Guia Pratica, uma campanha sobre segurança digital e minicartilhas impressas sobre enfrentamento à violência contra as mulheres na internet e sobre como garantir mais segurança para celulares. A AMB, no últimos anos, vem realizando ações de formação para sua militância sobre a questão da segurança digital, considerando os processos de crescente criminalização das mulheres e de sua ação política.

Por sua vez, o Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social lançou a campanha “Conecte seus Direitos”, em 2017, após diálogos construídos em uma série de ocasiões, como o seminário realizado pelo coletivo em parceria com o Conselho Nacional de Direitos Humanos e o apoio da Fundação Ford. O Intervozes entende que o momento agora é o de avançar em uma discussão sobre a institucionalização desse debate sobre direitos, diversidade e pluralidade, com enfoque nos direitos humanos. Em João Pessoa, o coletivo realizou a primeira oficina no mês de março com mulheres da Casa Lilás, no bairro do Cristo. Logo após, fez outra oficina, desta vez, no II Seminário Mulheres e Universidade, na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em julho deste ano. Saiba mais neste link.

 

Serviço:

Roda de diálogo Segurança Digital Feminista: cuidado e proteção em tempos de criminalização

Local: Sala de Multimídia do CCJ/UFPB

Campus I – João Pessoa – PB

Data: segunda, 27.08.2018

Horário: 19h

 

Informações:

Cristina Lima – Universidade Livre Feminista – 83 999160036

Mabel Dias – Intervozes – 83 996324990

Joana D’Arc da Silva – Cunhã Coletivo Feminista/AMB – 83 99543317

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>