Trilhas Feministas na Gestão Pública: nova edição do curso virtual sobre políticas públicas

Trilhas Feministas na Gestão Pública: nova edição do curso virtual sobre políticas públicas

Novotrilhas-site-1-01

Curso gratuito e totalmente online!

Em meio a uma conjuntura em que os direitos humanos e as políticas públicas que os efetivam vivem grandes ameaças e enfrentam retrocessos no Brasil, nada mais oportuno e desafiante do que aprofundar o debate sobre as políticas públicas para as mulheres. É neste contexto que Universidade Livre Feminista abre as inscrições para a terceira edição do curso Trilhas feministas na gestão pública.
O curso é voltado especialmente para militantes do movimento feminista e de mulheres, conselheiras, gestoras e funcionárias públicas de todo o Brasil. O curso tem início previsto para o dia 1º de agosto, e duração de 4 meses (Agosto a dezembro). As vagas são limitadas e a pré-inscrição poder á ser feita entre os dias 11 e 17 de julho AQUI.

Botão-Inscrições-novotrilhas-01

Serão aceitas e bem-vindas inscrições individuais, mas estimulamos a inscrição de grupos de militantes, de conselheiras, de gestoras/funcionárias (Por exemplo: as integrantes de um conselho; uma equipe de gestão; ativistas de um movimento específico) e também de grupos mistos (que reúnam todos esses segmentos juntos).

SOBRE O CURSO

O Trilhas se propõe a apoiar a reflexão individual e coletiva e ser um instrumento para aprender e produzir novos conhecimentos sobre a gestão pública. Em se tratando das políticas de promoção da igualdade entre mulheres e homens, assim como a igualdade racial e étnica – tão recentes como experiências no planejamento e execução de planos governamentais –, essa reflexão se faz mais urgente e compartilhá-la torna-se imprescindível para que possamos construir processos de resistência ao desmonte que vem ocorrendo dessas e outras políticas sociais, essenciais para a garantia de direitos.
Em 2015, o curso Trilhas foi oferecido em formato livre, autogestionado. Nesta edição, o curso será novamente ofertado com o acompanhamento de educadoras. O conteúdo foi revisto e atualizado, considerando as recentes mudanças e as muitas incertezas no que se refere às políticas públicas para as mulheres no Brasil. A metodologia visa colaborar para a reflexão crítica através da leitura de textos-base, fóruns de discussão, chats e vídeos, provocando as participantes ao diálogo a partir de suas realidades locais.

O curso é montado em módulos, pensados como “trilhas” a se percorrer. Ao todo são cinco trilhas: Trilha 1 – A Política e as mulheres; Trilha 2 – (Re)Construindo nossos caminhos; Trilha 3 – Estratégias para atuar nos espaços de poder; Trilha 4 – Plano Nacional de Políticas para as Mulheres; Trilha 5 – Orçamento público e recursos para as mulheres. Teremos ainda uma Trilha especial, específica sobre as políticas de enfrentamento à violência doméstica contra as mulheres. Estas Trilhas, mais que uma série de regras a serem seguidas, se tratam de orientações para não se perder no emaranhado de situações da gestão pública. O destino de cada participante (ou grupo) será o resultado do desejo político-pessoal, somado à compreensão também político-pessoal dos problemas enfrentados e dos resultados desejados.

Se você decidir nos acompanhar nessas trilhas, é porque deseja melhorar sua capacidade de interferir nas políticas públicas para as mulheres, deseja construir alternativas à política tradicional ou quer potencializar sua ação no órgão de gestão municipal ou estadual. Esse também é o nosso objetivo.
Inscreva-se e participe!

Informações: contato@feminismo.org.br
Realização: Universidade Livre Feminista
Apoio: Fundo Social ELAS / Fundo Fale Sem Medo-AVON

Saiba mais sobre a Universidade Livre Feminista em nosso site: https://feminismo.org.br/sobre-a-ulf/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>