... ANGOLA: Mais de dois mil formandos recebem os certificados

A Universidade Agostinho Neto (UAN) outorgou quinta-feira, em Luanda, diplomas para um total de 2.170 doutores, mestres, licenciados e bacharéis, formados nas Faculdades de Ciências Naturais, Sociais, Direito, Economia, Saúde, Engenharia, Humanidades, Medicina, Hotelaria e Turismo e de Educação Física e Desporto.

 

Weza Pascoal

Jornalista - Jornal de Angola

 

15/12/2023  Última atualização 11H18

Quadros foram distinguidos em acto realizado no Centro de Conferência de Belas © Fotografia por: Edições Novembro

Do número de recém-formados acima referido, oito terminaram o doutoramento na área de Ciências Sociais, 214 mestres, 1.939 licenciados e nove bacharéis, que receberam os diplomas numa cerimónia realizada no Centro de Conferência de Belas, em Luanda, presidida pelo reitor da instituição.

Pedro Magalhães disse que a realização da cerimónia tem um grande significado para a Universidade Agostinho Neto, porque representa o balanço global das actividades realizadas, enquanto instituição pública. "Pela primeira vez, obtivemos o registo de um número significativo de recém-formados ao grau de doutores”, realçou.

Para o reitor, a prosperidade das sociedades depende da aposta no conhecimento, na superação permanente, na responsabilidade e coragem. "Hoje, se assiste a um intenso desenvolvimento tecnológico, que induz a profundas transformações sociais”.

A acelerada evolução dos programas de inteligência artificial, explicou, são norteados pela inovação e provocam mudanças essenciais na maneira de ensinar e de aprendizagem nas escolas. Para o efeito, disse, os recém outorgados devem deixar a passividade e procurar cada vez mais o conhecimento para reinventar caminhos, rumo a uma sociedade próspera.

Aos recém-formados, recomendou para assumir a responsabilidade de ajudar na resolução dos grandes problemas que afligem as comunidades através da investigação científica contínua, criando oportunidades de melhoria da vida das populações.

 

fonte: https://www.jornaldeangola.ao/ao/noticias/mais-de-dois-mil-formandos-recebem-os-certificados/


 

Contate a gente

A sede provisória da ULFA está situada no Brasil